novos baianos na holanda


Roma, 16 de junho de 2011

Acordar tarde, fazer torradas pro café da manhã, ir à feira e dar uma volta de bicicleta. Na semana em que passamos na Holanda, os momentos de turistas se misturaram a uma tranquila rotina doméstica. “Vivemos” esses dias com o Bob, um holandês muito bem humorado que abriu sua casa pra nos receber. Não só a nós dois, ao todo éramos seis pessoas na casa, espalhadas no quarto de hóspedes e na sala no melhor estilo “novos baianos”, usando e abusando da enorme hospitalidade do nosso anfitrião. Desde o começo ficou claro: era pra “se sentir em casa” e assim nós fizemos!

Os novos baianos...

 

Passeio de bicicleta com as casas cubo ao fundo

Ficamos hospedamos em Rotterdam, abaixo do nível do mar como outros 40% do País.  A cidade tem uma cara bem moderna, com prédios inovadores como as famosas Casas Cubo e abriga o maior porto marítimo da Europa. As construções antigas foram destruídas por bombardeios durante a 2ª Guerra Mundial, mas, apesar disso, também tem jeitão de Holanda, com ruas pacatas correndo ao lado dos incontáveis canais e praças com cafés pra curtir os dias de sol.

Fazendo feira em Rotterdam

 

Um dos poucos prédios que sobreviveu ao bombardeio na região do porto

O Bob é namorado da Flávia, uma amiga que mora em Paris, mas assumiu de corpo e alma o papel de anfitriã e nos tratou de forma encantadora. Ficamos super agradecidos por toda atenção e carinho que recebemos! Também estava lá a Paula, irmã da Flávia e super amiga da Letícia desde a faculdade e do Fred há algum tempo. É especialista em Amsterdam e excelente companhia pra qualquer viagem ou visita ao Rio de Janeiro. Completando a trupe, seu namorado Marcos, um cara gente fina e companheiro pra uma (ou mais) cervejinhas.

Mais um dos belos jantares preparado pelo Bob
 

A casa tem uma excelente varanda que se debruça sobre um canal. Foi lá que passamos alguns dos nossos melhores momentos rindo e jogando conversa fora. Já na mesa da sala, nós deliciamos com o café da manhã que a Flávia deixava no jeito e com os excelentes jantares preparados pelo Bob. Foi muito bom dar uma pausa no ritmo alucinante de viagens e relaxar um pouco. Porém, é claro que a gente também saiu pra dar algumas voltas!

 

It's a lovely lovely balcony...

 

Fomos a Madurodam, uma Holanda em miniatura que fica em Haia. Pra quem gosta de maquetes, é um lugar de sonhos. Uma área enorme com reproduções perfeitas das principais cidades, pontos turísticos ou cenas simples e típicas do País. Uma população de 60.000 bonecos vive em mundo perfeitamente reproduzido a partir da realidade em uma escala 25 vezes menor do que a real.

Campo de tulipas

 

Centro histórico

 

E a única coisa que não estava em escala reduzida era esse tamanco. Muito pelo contrário...

 

E como não poderia deixar de ser, fomos a Amsterdam. As ruas arborizadas junto aos canais, os excelentes museus de fama internacional, a Red Lights – talvez a mais conhecida zona de meretrício do mundo – e seus famosos coffeeshops tornam Amsterdam um enorme pólo turístico. E a cidade faz por merecer tantos visitantes. É um charme, com suas casinhas antigas (muitas deles assustadoramente inclinadas pra frente ou para os lados) e seu espírito acolhedor.

Com a nossa guia Paula

 

 

Showzinho na rua

A Holanda é extremamente organizada e progressista. Reflexo de um povo pragmático e de cabeça aberta. Pra um País de dimensões tão pequenas, tem em seu currículo feitos extraordinários ao longo de sua História. É reflexo disso a excepcional qualidade de vida de suas cidades. Em um lugar em que o principal meio de transporte é a bicicleta, o holandês parece ter uma compreensão acima da média de que “modernidade” está mais ligada à forma de pensar do que a meras invencionices tecnológicas.

14 comentários em “novos baianos na holanda

Adicione o seu

  1. Oie!!! Muito bom saber q está aproveitando e se divertindo muuuuuuuuuuuuuuuuuuuito! saudades! bj

  2. De:Mama, e sogrinha.
    Que cara boa esta visita na Holanda. Chegando o niver dia 23 onde será???
    Notícia boa. Achei um tratamento chamado MCKENZIE*, veja depois na Internet. Me parece que com êle posso me livrar da cirurgia na coluna,A melhora é incriível. É uma nova visão das razões da doença e cura. Estou esperançosa.
    Beijos .

    1. Que ótimo!!! Estamos em Cinque Terre, na Itália e o niver será aqui. Amanhã eu ligo pra receber os parabéns e saber melhor dessas novidades q me deixaram cheio de alegria! Beijão!!!

  3. Êêêêêêêêêêêê!!!! Adoramos a visita de vocês e o Bob agora não para de falar “mineireis”: “brigaderin”, “cigarrin”!!! Pena que vocês não puderam vir à Paris… Mas fica pra proxima viagem :)

    Continuem aproveitando a viagem e se precisarem de qualquer coisa podem contar comigo! Em qualquer lugar do mundo!

    Beijos Flavia e Bob

  4. Oii Let

    Ah que lindo, essa sua viagem está um espetáculo. So fico babando aqui com esses lugares maravilhosos e seus textos que são uma delicia de ler. Parabéns e curta muito mesmo.
    Bjs

  5. eeeehhhh!! Luxo, luxo!
    Beijo grande e continuem aproveitando muito.
    Paula

    ps: pq a Flavia aparece mais do que eu?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: